Quando Abre O Sisu: Datas e Informações Importantes

Quando Abre O Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um programa do governo brasileiro que permite aos estudantes concorrerem a vagas em instituições públicas de ensino superior através da nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Sisu tem se tornado cada vez mais popular entre os estudantes que desejam ingressar em uma universidade pública e, por isso, é fundamental estar atento às datas e informações importantes para realizar sua inscrição.

O período de inscrições do Sisu varia a cada semestre e é anunciado pelo Ministério da Educação (MEC). Geralmente, o processo se inicia no mês de janeiro, após a divulgação das notas do Enem, e tem duração de aproximadamente uma semana. Durante esse período, os candidatos podem escolher até duas opções de cursos e instituições onde desejam estudar, de acordo com as vagas disponíveis.

Além de estar atento às datas de abertura e encerramento das inscrições, é fundamental que os candidatos leiam atentamente o edital do Sisu. Nele estão contidas informações importantes sobre as notas mínimas exigidas para cada curso, a forma de cálculo da nota de corte, que é a menor nota para ficar entre os potencialmente selecionados, e demais critérios utilizados pelas instituições de ensino para seleção dos candidatos.

Portanto, se você sonha em ingressar em uma universidade pública através do Sisu, é essencial estar bem informado sobre as datas de inscrição, ler o edital atentamente e se preparar para o processo seletivo. Esteja sempre atualizado e aproveite todas as oportunidades oferecidas pelo programa para alcançar seu objetivo de conquistar uma vaga no ensino superior.

Cronograma do Sisu

O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) é um programa do governo brasileiro que seleciona estudantes para ingressarem em universidades públicas de todo o país. Para participar do Sisu, os candidatos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano anterior e não terem zerado a redação.

O cronograma do Sisu é divido em duas etapas: inscrição e resultado. Durante o período de inscrição, os candidatos podem escolher até duas opções de cursos, em ordem de preferência, e acompanhar a nota de corte de cada curso ao longo dos dias. Já na etapa de resultado, os candidatos podem conferir se foram selecionados e as datas para realizar a matrícula.

Abaixo está o cronograma oficial do Sisu para o ano atual:

  • Abertura das inscrições: [data de abertura]
  • Fechamento das inscrições: [data de fechamento]
  • Resultado da chamada regular: [data de divulgação]
  • Matrícula dos selecionados na chamada regular: [datas]
  • Inscrição na lista de espera: [datas]
  • Convocação dos candidatos em lista de espera: [datas]

É importante que os candidatos estejam atentos ao cronograma do Sisu e realizem todas as etapas dentro dos prazos estabelecidos. Os resultados do Sisu são divulgados no site oficial do programa, e as matrículas devem ser feitas nas instituições de ensino superior para as quais os candidatos foram selecionados.

O Sisu é uma ótima oportunidade para os estudantes brasileiros ingressarem em universidades públicas e terem acesso ao ensino superior de qualidade. Fique por dentro das datas e não perca essa chance!

Como se inscrever no Sisu

Para se inscrever no Sisu, você precisa seguir os seguintes passos:

  1. Acesse o site oficial do Sisu durante o período de inscrição;
  2. Verifique os cursos e instituições disponíveis;
  3. Escolha até duas opções de curso por ordem de preferência;
  4. Confira os documentos necessários para a inscrição;
  5. Preencha o formulário de inscrição com seus dados pessoais;
  6. Informe sua nota do Enem mais recente;
  7. Escolha se deseja concorrer às vagas de ampla concorrência ou às vagas destinadas a ações afirmativas (como cotas);
  8. Envie a inscrição dentro do prazo estabelecido.
You might be interested:  Quando Começa O Rock In Rio 2022

Vale lembrar que os critérios de seleção e classificação variam de acordo com cada instituição. Por isso, é importante acompanhar as notas de corte e a lista de convocados para a matrícula. Não se esqueça de ficar atento aos prazos e organizar sua documentação com antecedência.

Lembre-se: a inscrição no Sisu é gratuita e feita exclusivamente pela internet. Não deixe de aproveitar essa oportunidade de ingressar em uma instituição de ensino superior!

Documentos necessários para a inscrição

Para realizar a inscrição no Sisu, são necessários alguns documentos importantes. É importante lembrar que esses documentos podem variar de acordo com a instituição de ensino e o curso desejado, por isso é fundamental consultar o edital para obter informações precisas.

Em geral, os documentos exigidos para a inscrição são:

1. Documento de identificação: É necessário apresentar um documento oficial de identificação, como RG, CPF, Carteira de Motorista ou Passaporte. Certifique-se de que o documento esteja dentro da validade.

2. CPF: O Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) é obrigatório para a inscrição no Sisu. Caso você ainda não possua CPF, será necessário solicitar a sua emissão antes de se inscrever.

3. Certificado de conclusão do ensino médio: É necessário apresentar o certificado de conclusão do ensino médio ou documento equivalente, como o diploma de técnico de nível médio ou declaração de conclusão do curso.

4. Histórico escolar: Além do certificado de conclusão, também é necessário apresentar o histórico escolar do ensino médio. Esse documento é importante para comprovar as notas e o desempenho durante todo o ensino médio.

5. Outros documentos: Dependendo da instituição e do curso desejado, podem ser solicitados outros documentos, como comprovante de residência, comprovante de renda, autodeclaração de raça ou declaração de necessidade de atendimento especial.

É fundamental verificar a lista completa de documentos exigidos no edital da universidade para garantir uma inscrição tranquila e evitar contratempos durante o processo.

Lembre-se de que essas informações são apenas uma orientação geral. Sempre consulte o edital e as informações atualizadas do Sisu para obter todas as orientações necessárias.

Critérios de seleção do Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) utiliza critérios específicos para selecionar os candidatos nas instituições participantes. Os principais critérios são:

  1. Nota do Enem: A nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é o principal critério para a seleção dos candidatos. Quanto maior a nota, maiores as chances de ser selecionado.
  2. Peso das notas: Algumas instituições podem atribuir pesos diferentes para as notas obtidas nas provas do Enem. Esses pesos são utilizados para calcular a nota final do candidato e podem variar de acordo com o curso desejado.
  3. Vagas disponíveis: O número de vagas disponíveis para cada curso e instituição também influencia na seleção dos candidatos. O sistema utiliza a classificação dos candidatos e a quantidade de vagas para determinar quem será selecionado.
  4. Modalidade de concorrência: O Sisu possui diferentes modalidades de concorrência, como ampla concorrência e ações afirmativas (cotas). Para cada modalidade, são estabelecidos critérios específicos de classificação e seleção dos candidatos.
  5. Classificação: Após a inscrição, os candidatos são classificados de acordo com a sua nota no Enem, levando em consideração os critérios estabelecidos pela instituição e pela modalidade de concorrência. A classificação é atualizada diariamente, de acordo com as notas dos candidatos inscritos.

É importante que os candidatos estejam atentos aos critérios de seleção do Sisu e acompanhem as datas e informações divulgadas pelo Ministério da Educação (MEC) e pelas instituições participantes para garantir uma melhor chance de ser selecionado para o curso desejado.

You might be interested:  Asma: Quando ir ao hospital

Notas de corte do Sisu

As notas de corte do Sisu referem-se à pontuação mínima necessária para cada curso em determinada universidade. Essa pontuação é calculada com base na nota do Enem de cada candidato e varia a cada edição do Sisu.

As notas de corte são atualizadas diariamente durante o período de inscrição do Sisu. Cada candidato pode escolher até duas opções de cursos e, caso sua nota seja suficiente para passar nas notas de corte do curso desejado, ele poderá ser selecionado.

É importante ressaltar que as notas de corte são diferentes para ampla concorrência e para cotas, com pesos diferentes para cada modalidade. Dessa forma, as notas de corte podem variar de acordo com a política de cada instituição de ensino.

Consulta das notas de corte

Para consultar as notas de corte do Sisu, o candidato precisa acessar o sistema do Sisu durante o período de inscrição e, após fazer login, terá acesso às notas de corte atualizadas diariamente. É importante acompanhar as notas de corte para avaliar suas chances de ingresso no curso desejado.

Tabela com exemplos de notas de corte

Curso Universidade Nota de Corte
Medicina Universidade Federal 850
Engenharia Civil Instituto Tecnológico 780
Direito Universidade Estadual 720

Essa tabela apresenta apenas exemplos fictícios de notas de corte, pois cada curso e universidade têm suas próprias notas de corte específicas e variáveis. Portanto, é fundamental acompanhar as notas de corte durante o período de inscrição do Sisu para obter informações precisas e atualizadas.

Lista de espera do Sisu

A lista de espera do Sisu é uma oportunidade para os estudantes que não foram selecionados na chamada regular terem uma segunda chance de ingressar nas instituições de ensino superior.

Para participar da lista de espera, é necessário que o estudante manifeste interesse através do próprio site do Sisu, dentro do prazo estipulado pelo edital. Essa manifestação de interesse é obrigatória e deve ser feita no portal do Sisu, no campo específico indicado.

Após a manifestação de interesse, o estudante deverá aguardar a convocação da instituição de ensino para a qual se inscreveu. As instituições têm autonomia para definir a forma como irão realizar as convocações, seja por meio de chamadas presenciais, publicação de lista no site da universidade, entre outros meios.

Documentação necessária

Os estudantes convocados pela lista de espera do Sisu devem ficar atentos aos documentos necessários para a matrícula. Geralmente, é solicitado que o candidato apresente os seguintes documentos:

  1. Documento de identificação oficial com foto;
  2. Certificado de conclusão do ensino médio;
  3. Histórico escolar do ensino médio;
  4. CPF;
  5. Título de eleitor e certidão de quitação eleitoral;
  6. Comprovante de reservista (para candidatos do sexo masculino);
  7. Certidão de nascimento ou casamento;
  8. Comprovante de residência.

Além disso, algumas universidades podem solicitar documentos adicionais, como comprovante de renda, declaração de cotista, entre outros. É importante que o estudante verifique atentamente os documentos necessários junto à instituição de ensino.

Prazos e informações importantes

O edital do Sisu disponibiliza as datas e informações importantes sobre a lista de espera. É fundamental que o estudante esteja atento aos prazos e acompanhe as convocações da instituição para a qual se inscreveu. Caso o candidato deixe de cumprir algum prazo, ele será eliminado da lista de espera e perderá a oportunidade de ocupar a vaga.

Portanto, é essencial que o estudante esteja sempre atento ao site do Sisu e às informações divulgadas pela instituição de ensino para não perder essa segunda chance de ingressar no ensino superior.

Resultado do Sisu

A divulgação do resultado do Sisu ocorrerá em duas chamadas, sendo a primeira no dia 2 de fevereiro e a segunda no dia 9 de fevereiro. Os resultados podem ser consultados no site oficial do Sisu, mediante o número de inscrição e a senha utilizados no processo seletivo.

No resultado serão informados os cursos para os quais cada candidato foi selecionado, de acordo com sua classificação. Os estudantes selecionados deverão ficar atentos aos prazos estabelecidos para realizar a matrícula nas instituições de ensino.

You might be interested:  Quando Marília Mendonça Nasceu E Morreu

Em caso de não aprovação na primeira chamada, o candidato ainda poderá participar da lista de espera. Para isso, é necessário manifestar interesse no site do Sisu entre os dias 2 e 16 de fevereiro. Os candidatos em lista de espera poderão ser convocados caso haja vagas remanescentes nas instituições.

É importante ressaltar que a classificação no Sisu é baseada na pontuação obtida no Enem, bem como nas notas de corte estabelecidas para cada curso. Portanto, é fundamental acompanhar as informações e prazos divulgados pelo Sisu para não perder nenhuma oportunidade.

Data Ação
2 de fevereiro Divulgação da primeira chamada do Sisu
9 de fevereiro Divulgação da segunda chamada do Sisu
2 a 16 de fevereiro Período de manifestação de interesse na lista de espera

Recursos e possibilidades após o resultado

Após a divulgação dos resultados do Sisu, os candidatos têm algumas opções e recursos para lidar com o resultado e tomar a melhor decisão para o seu futuro acadêmico.

1. Matrícula na instituição selecionada

Se o candidato for aprovado em uma das opções, ele deve efetuar a matrícula na instituição de ensino selecionada dentro do prazo estipulado. É importante ficar atento aos documentos necessários e aos procedimentos exigidos.

2. Manifestação de interesse pela lista de espera

Caso o candidato não seja selecionado em nenhuma das opções escolhidas, ele pode manifestar interesse em participar da lista de espera para as vagas remanescentes. O prazo para a manifestação é definido pelo edital do Sisu e deve ser acompanhado atentamente.

É importante lembrar que apenas os candidatos que não foram selecionados em nenhuma opção na chamada regular podem manifestar interesse na lista de espera.

Atenção: A participação na lista de espera não é automática. É necessário manifestar interesse novamente, mesmo que o candidato já tenha feito a manifestação anteriormente.

3. Monitoramento das convocações

Após realizar a manifestação de interesse na lista de espera, é importante monitorar as convocações feitas pela instituição de ensino. As chamadas são realizadas conforme a classificação dos candidatos e podem ocorrer em diferentes datas e modalidades (presencial ou online).

Portanto, é essencial ficar atento aos comunicados e orientações fornecidos pela instituição para não perder a oportunidade de ocupar a vaga.

Não deixe de consultar o cronograma oficial do Sisu e as informações disponibilizadas pela instituição de ensino para se manter atualizado e realizar todas as etapas necessárias.

Perguntas e respostas:

O que é o Sisu?

O Sisu é o Sistema de Seleção Unificada, uma plataforma online do Ministério da Educação do Brasil que permite aos estudantes se inscreverem em universidades públicas utilizando a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Quando abre o período de inscrição do Sisu?

O período de inscrição do Sisu pode variar a cada ano. Para saber as datas específicas, é necessário consultar o site oficial do Sisu ou aguardar a divulgação do calendário pelo Ministério da Educação.

Quais são os documentos necessários para se inscrever no Sisu?

Os documentos necessários para a inscrição no Sisu podem variar de acordo com a universidade e o curso desejado. Geralmente, é necessário ter em mãos o número de inscrição e a senha do Enem, além de documentos como identidade, CPF, comprovante de residência e histórico escolar.

Quais critérios são levados em consideração no processo de seleção do Sisu?

No processo de seleção do Sisu, são levados em consideração principalmente a nota obtida no Enem e a modalidade de concorrência escolhida pelo candidato. Existem modalidades específicas para estudantes que se autodeclararem negros, pardos, indígenas ou com deficiência, por exemplo.

Posso me inscrever no Sisu mesmo se não tiver feito o Enem?

Não, é necessário ter feito o Enem para poder se inscrever no Sisu. A nota obtida no exame é utilizada como critério de seleção, portanto, o candidato precisa ter participado do Enem no ano anterior à inscrição.

Quando começa a inscrição do Sisu?

A inscrição do Sisu começa no dia 16 de abril.

Até quando posso me inscrever no Sisu?

O prazo para se inscrever no Sisu vai até o dia 23 de abril.