Como Fazer Grafico No Excel?

Como Fazer Grafico No Excel

Como montar o gráfico no Excel?

Criar um gráfico –

  1. Selecione dados para o gráfico.
  2. Selecione Inserir > Gráficos Recomendados,
  3. Selecione um gráfico na guia Gráficos Recomendados para visualizá-lo. Observação: Você pode selecionar os dados desejados e pressionar Alt+F1 para criar um gráfico imediatamente, mas talvez ele não seja o ideal para esses dados. Se não gostar de nenhum, selecione a guia Todos os Gráficos para ver todos os tipos.
  4. Selecione um gráfico.
  5. Selecione OK,

Como fazer um gráfico a partir de uma tabela no Excel?

Selecione uma célula em sua Tabela Dinâmica. Na guia Inserir, selecione o Inserir Gráfico menu suspenso, e depois clique em qualquer opção de gráfico. O gráfico agora aparecerá na planilha. Quando você clica em qualquer lugar no gráfico, a guia Gráfico aparece na faixa de opções.

Como fazer um gráfico no Excel com várias informações?

Adicionar uma série de dados a um gráfico em uma planilha de gráfico –

Na planilha, nas células diretamente ao lado ou abaixo dos dados de origem do gráfico, digite os novos dados e rótulos que você quer adicionar. Clique na planilha do gráfico (uma planilha separada que contém apenas o gráfico que você deseja atualizar). Na guia Design do Gráfico, clique em Selecionar Dados, A caixa de diálogo Selecionar Fonte de Dados aparece na planilha que contém os dados de origem do gráfico. Deixando a caixa de diálogo aberta, clique na planilha e selecione todos os dados que você deseja usar para o gráfico, inclusive a nova série de dados. A nova série de dados é exibida em Entradas de Legenda (Série), Clique em OK para fechar a caixa de diálogo e retornar à planilha de gráfico.

Como criar um gráfico de colunas no Excel?

Excel para Microsoft 365 Outlook para Microsoft 365 Excel 2021 Outlook 2021 Excel 2019 Outlook 2019 Excel 2016 Outlook 2016 Excel 2013 Outlook 2013 Excel 2010 Outlook 2010 Excel 2007 Outlook 2007 Mais.Menos Os gráficos de colunas são úteis para mostrar alterações de dados durante um período ou para ilustrar a comparação entre itens. Para saber mais sobre gráficos de colunas e quando eles devem ser usados, veja Tipos de gráficos disponíveis no Office, Para criar um gráfico de coluna, siga estas etapas:

  1. Inserir dados em uma planilha.
  2. Selecione os dados.
  3. Dependendo da versão do Excel que você está usando, selecione uma das seguintes opções:
    • Excel 2016: Clique no ícone Inserir > Inserir Gráfico de Coluna ou de Barras e selecione uma opção de gráfico de coluna de sua escolha.
    • Excel 2013: Clique no ícone Inserir > Inserir Gráfico de Coluna e selecione uma opção de gráfico de coluna de sua escolha.
    • Excel 2010 e Excel 2007: Clique no ícone Inserir > Coluna e selecione uma opção de gráfico de coluna de sua escolha.

    Como opção, você pode formatar o gráfico mais um pouco. Veja a lista abaixo para ver algumas opções: Observação: Assegure-se de clicar no gráfico primeiro antes de aplicar uma opção de formatação.

    • Para aplicar um layout de gráfico diferente, clique em Design > Layout de Gráficos e selecione um layout.
    • Para aplicar um estilo de gráfico diferente, clique em Design > Estilos de Gráfico e escolha um estilo.
    • Para aplicar um estilo de forma diferente, clique em Formato > Estilos de Forma e escolha um estilo. Observação: Um estilo de gráfico é diferente de um estilo de forma. Um estilo de forma é uma opção de formatação aplicável apenas à borda do gráfico, enquanto o estilo de gráfico é uma opção de formatação que se aplica a todo o gráfico.
    • Para aplicar diferentes efeitos de forma, clique em Formato > Efeitos de Forma e escolha uma opção como Bisel ou Brilho e uma sub opção.
    • Para aplicar um tema, clique em Layout de Página > Temas e selecione um tema.
    • Para aplicar uma opção de formatação a um componente específico de um gráfico, como Eixo Vertical (Valor), Eixo Horizontal (Categoria), Área de Gráfico, entre outros, clique em Formatar > escolha um componente na caixa suspensa Elementos de Gráfico, clique em Formatar Seleção e faça as alterações necessárias. Repita a etapa para cada componente que deseja modificar. Observação: Caso se sinta confortável para trabalhar com gráficos, também será possível selecionar e clicar com o botão direito do mouse em uma área específica no gráfico e selecionar uma opção de formatação.

Para criar um gráfico de coluna, siga estas etapas:

  1. Na sua mensagem de email, clique em Inserir > Gráfico,
  2. Na caixa de diálogo Inserir Gráfico, clique em Coluna e escolha uma opção de gráfico de coluna de sua escolha e clique em OK, O Excel abre é aberto em uma janela dividida e exibe dados de exemplo em uma planilha.
  3. Substitua os dados de exemplo por seus próprios dados. Observação: Se o gráfico não estiver refletindo os dados da planilha, certifique-se de arrastar as linhas verticais até a última linha da tabela.
  4. Opcionalmente, salve a planilha seguindo estas etapas:
    1. Clique no ícone Editar Dados no ícone do Microsoft Excel na Barra de Ferramentas de Acesso Rápido. A planilha é aberta no Excel.
    2. Salve a planilha. Dica: Para reabrir a planilha, clique em Design > Editar Dados e selecione uma opção.

    Como opção, você pode formatar o gráfico mais um pouco. Veja a lista abaixo para ver algumas opções: Observação: Assegure-se de clicar no gráfico primeiro antes de aplicar uma opção de formatação.

    • Para aplicar um layout de gráfico diferente, clique em Design > Layout de Gráficos e selecione um layout.
    • Para aplicar um estilo de gráfico diferente, clique em Design > Estilos de Gráfico e escolha um estilo.
    • Para aplicar um estilo de forma diferente, clique em Formato > Estilos de Forma e escolha um estilo. Observação: Um estilo de gráfico é diferente de um estilo de forma. Um estilo de forma é uma opção de formatação aplicável apenas à borda do gráfico, enquanto o estilo de gráfico é uma opção de formatação que se aplica a todo o gráfico.
    • Para aplicar diferentes efeitos de forma, clique em Formato > Efeitos de Forma e escolha uma opção como Bisel ou Brilho e uma sub opção.
    • Para aplicar uma opção de formatação a um componente específico de um gráfico, como Eixo Vertical (Valor), Eixo Horizontal (Categoria), Área de Gráfico, entre outros, clique em Formatar > escolha um componente na caixa suspensa Elementos de Gráfico, clique em Formatar Seleção e faça as alterações necessárias. Repita a etapa para cada componente que deseja modificar. Observação: Caso se sinta confortável para trabalhar com gráficos, também será possível selecionar e clicar com o botão direito do mouse em uma área específica no gráfico e selecionar uma opção de formatação.
You might be interested:  Como Rastrear Um Numero De Celular?

Como fazer um gráfico a partir de uma função?

Passo a passo para construção do gráfico da função do segundo grau – Brasil Escola No Ensino Fundamental, funções são fórmulas matemáticas que associam cada número de um conjunto numérico (o domínio) a um único número pertencente a outro conjunto (o contradomínio).

Quando essa fórmula é uma, temos uma, As funções podem ser representadas por figuras geométricas cujas definições coincidem com suas fórmulas matemáticas. É o caso da reta, que representa funções do primeiro grau, e da, que representa funções do segundo grau. Essas figuras geométricas são chamadas de gráficos,

A ideia central da representação de função por um gráfico Para desenhar o gráfico de uma função, é preciso avaliar qual elemento do contradomínio está relacionado com cada elemento do domínio e marcá-los, um a um, em um plano cartesiano. Quando todos esses pontos forem marcados, o resultado será justamente o gráfico de uma função.

  • Antes de qualquer coisa, lembre-se de que as funções do segundo grau possuem a seguinte forma:
  • y = ax 2 + bx + c
  • Diante disso, apresentamos cinco passos que tornam possível a construção de um gráfico de função do segundo grau, exatamente como os que são exigidos no Ensino Médio.
  • Passo 1 – Avaliação geral da função
  • Existem alguns indicadores que ajudam a descobrir se o caminho certo está sendo tomado ao construir o gráfico de funções do segundo grau,

I – O coeficiente “a” de uma função do segundo grau indica sua concavidade, ou seja, se a > 0, a parábola será para cima e possuirá ponto de mínimo. Se a < 0, a parábola será para baixo e possuirá ponto de máximo. II) O primeiro ponto A do gráfico de uma parábola pode ser facilmente obtido apenas observando o valor do coeficiente "c". Desse modo, A = (0, c). Isso ocorre quando x = 0. Observe:

  1. y = ax 2 + bx + c
  2. y = a·0 2 + b·0 + c
  3. y = c
  4. Passo 2 – Encontrar as coordenadas do vértice
  5. O vértice de uma parábola é o seu ponto de máximo (se a 0). Ele pode ser encontrado pela substituição dos valores dos coeficientes “a”, “b” e “c” nas fórmulas:
  6. x v = – b 2a
  7. y v = – ∆ 4a
  8. Desse modo, o vértice V é dado pelos valores numéricos de x v e y v e pode ser escrito assim: V = (x v,y v ).
  9. Passo 3 – Pontos aleatórios do gráfico

É sempre bom indicar alguns pontos aleatórios cujos valores atribuídos à variável x sejam maiores e menores que x v, Isso lhe dará pontos antes e depois do vértice e tornarão o desenho do gráfico mais fácil. Passo 4 – Se possível, determine as raízes Quando existem, as raízes podem (e devem) ser incluídas no desenho do gráfico de uma função do segundo grau,

  • A depende da fórmula do discriminante. São elas:
  • x = – b ± √∆ 2a
  • ∆ = b 2 – 4ac
  • Passo 5 – Marcar todos os pontos obtidos no plano cartesiano e ligá-los, de modo a construir uma parábola

Lembre-se de que o plano cartesiano é formado por duas retas numéricas perpendiculares. Isso significa que, além de conter todos os números reais, essas retas formam um ângulo de 90°.

  1. Exemplo de plano cartesiano e exemplo de parábola.
  2. Exemplo
  3. Construa o gráfico da função do segundo grau y = 2x 2 – 6x.
  4. Solução : Observe que os coeficientes dessa parábola são a = 2, b = – 6 e c = 0. Dessa maneira, pelo passo 1, podemos afirmar que:
  5. 1 – A parábola ficará para cima, pois 2 = a > 0.
You might be interested:  Como Plantar Rosa Do Deserto?

2 – Um dos pontos dessa parábola, representado pela letra A, é dado pelo coeficiente c. Logo, A = (0,0).

  • Pelo passo 2, observamos que o vértice dessa parábola é:
  • x v = – b 2a
  • x v = – ( – 6 ) 2·2
  • x v = 6 4
  • x v = 1,5
  • y v = – ∆ 4a
  • y v = – (b 2 – 4·a·c) 4·a
  • y v = – ((– 6) 2 – 4·2·0) 4·2
  • y v = – (36) 8
  • y v = – 36 8
  • y v = – 4,5
  • Logo, as coordenadas do vértice são: V = (1,5, – 4,5)
  • Utilizando o passo 3, escolheremos apenas dois valores para a variável x, um maior e outro menor que x v,
  • Se x = 1,
  • y = 2x 2 – 6x
  • y = 2·1 2 – 6·1
  • y = 2·1 – 6
  • y = 2 – 6
  • y = – 4
  • Se x = 2,
  • y = 2x 2 – 6x
  • y = 2·2 2 – 6·2
  • y = 2·4 – 12
  • y = 8 – 12
  • y = – 4
  • Logo, os dois pontos obtidos são B = (1, – 4) e C = (2, – 4)
  • Pelo passo 4, que não precisa ser feito caso a função não possua raízes, obtemos os seguintes resultados:
  • ∆ = b 2 – 4ac
  • ∆ = (– 6) 2 – 4·2·0
  • ∆ = (– 6) 2
  • ∆ = 36
  • x = – b ± √∆ 2a
  • x = – (– 6) ± √36 2·2
  • x = 6 ± 6 4
  • x’ = 12 4
  • x’ = 3
  • x” = 6 – 6 4
  • x” = 0
  • Logo, os pontos obtidos por meio das raízes, tendo em vista que, para obter x = 0 e x = 3, foi preciso fazer y = 0, são: A = (0, 0) e D = (3, 0),

Com isso, obtemos seis pontos para desenhar o gráfico da função y = 2x 2 – 6x. Agora basta cumprir o passo 5 para construí-lo definitivamente. Por Luiz Paulo Moreira Graduado em Matemática : Passo a passo para construção do gráfico da função do segundo grau – Brasil Escola

Como criar um gráfico de duas colunas no Excel?

2 O Gráfico de colunas representa dados de uma planilha em formato de colunas (ou barras verticais), o que facilita o entendimento de dados em um formato visual. As colunas ficam em pé no gráfico. Para fazer o gráfico de colunas no Excel:

Pegue uma planilha com dados separados em categorias como, por exemplo, ano, produto e/ou cidade.Selecione todas as células com os dados, incluindo nome das linhas e títulos das colunas.Clicar em Inserir > Inserir Gráfico de Colunas ou de Barras (na seção de Gráficos).Clicar em “Colunas Agrupadas” (na seção Barra 2D).O gráfico aparecerá separado em categorias de acordo com o título das linhas. Se as linhas não tiverem nomes, as categorias serão numeradas.Altere o título principal do Gráfico.Caso deseje usar as categorias usadas nas colunas, selecione o gráfico, clique em “Design do Gráfico” > “Alternar Linha/Coluna”

Como fazer gráfico no Excel com duas tabelas?

Na guia Todos os Gráficos, vá na última opção chamada Combinação; Na parte direita da janela, você verá as opções para combinar 2 Gráficos no Excel. Na parte debaixo, você poderá escolher os tipos de Gráficos que deseja combinar.

Qual é a função do gráfico de linha?

Neste artigo – Aplica-se a: Construtor de Relatórios da Microsoft (SSRS) Construtor de Relatórios do Power BI Designer de Relatórios no SQL Server Data Tools Um gráfico de linhas exibe uma série como um conjunto de pontos conectado por uma linha em um relatório paginado. As linhas de gráfico são usadas para representar grandes quantidades de dados que ocorrem em um período de tempo contínuo. Observação Você pode criar e modificar arquivos de definição de relatório paginado (.rdl) no Construtor de Relatórios da Microsoft, Construtor de Relatórios do Power BI e no Designer de Relatórios no SQL Server Data Tools.

Qual a diferença entre o gráfico de barras e colunas?

Um gráfico de colunas é diferente de um gráfico de barras. Enquanto um gráfico de barras plota a variável horizontalmente e a dimensão fixa verticalmente, o gráfico de colunas faz o oposto. No entanto, a maioria das pessoas não faz a distinção e se refere aos gráficos de colunas e barras de forma intercambiável.

Como se faz um gráfico de setores?

Gráfico de setores – Escola Kids O gráfico de setores é uma importante ferramenta usada para a análise de dados obtidos, por exemplo, em uma pesquisa. Esse gráfico consiste em representar informações na forma de, Para tanto, basta considerar que 100% dos dados equivalem a um setor circular de 360°.

Dessa forma, metade desses dados equivale a um setor circular de 180°, e assim por diante. O do setor circular corresponde a uma dos dados. A totalidade do gráfico sempre será uma, pois o total dos dados representados sempre é igual a 100%, ou pode ser escrito dessa forma. Assim, digamos que o candidato A, em uma pesquisa eleitoral, possui 50% das intenções de votos dos eleitores, e o candidato B possui 25%.

Em um gráfico de setores, as intenções de voto do candidato A seriam representadas por um setor circular de 180°; as intenções de voto do candidato B seriam representadas por um setor circular de 90° e o último setor circular, usado para completar os 100%, seria relativo à soma dos votos brancos, nulos e de outros candidatos.

  • A preferência dos eleitores pode ser representada pelo gráfico de setores
  • Esse gráfico também é conhecido como g ráfico de pizza,
  • Tabela de frequência relativa e absoluta

Há diversas maneiras de representar dados, e uma delas é o gráfico, Existem muitos tipos de gráficos, e cada um deles é mais indicado para situações específicas. Entre os mais simples, está o gráfico de setores ou de pizza. Outra maneira de representar dados é por meio de uma lista que os contenha.

Essa maneira é a pior para a análise, por isso, não é muito usada. Informações ou dados também podem ser dispostos e representados em uma tabela, Recomendamos a construção de uma tabela sempre que for necessário construir um gráfico. No caso do gráfico de setores, será necessário que essa tabela possua a frequência relativa de cada uma das variáveis nela.

Frequência relativa é a porcentagem relacionada a cada variável, ou a razão relativa a essa porcentagem. Uma pesquisa de satisfação com o produto A, por exemplo, foi feita com 2000 pessoas. Dessas, 200 disseram estar muito satisfeitas; 1500 disseram estar satisfeitas e 300 pessoas disseram estar insatisfeitas.

Essa situação pode ser representada pela seguinte tabela : Para obter essas porcentagens, basta dividir a frequência de cada uma das respostas dadas pelo total de pessoas entrevistadas e multiplicar o resultado por 100. Outra técnica que pode ser usada é a regra de três. Construção do gráfico de setores Para construir o gráfico de setores, basta fazer a tabela com as frequências relativas em porcentagem e, depois, utilizar essas porcentagens para descobrir o ângulo de cada um dos setores circulares do gráfico.

Para isso, usa-se a regra de três. Em seguida, por meio de alguma ferramenta para medir ângulos, pode-se construir cada um dos setores circulares, Por fim, colocam-se as porcentagens de dados em cada um dos setores circulares, a legenda e o título do gráfico.

  1. Usando como exemplo a tabela anterior, teremos os seguintes ângulos para os setores circulares:
  2. Muito satisfeitos: 200 pessoas
  3. 100% = 360° 10% x
  4. 100x = 360·10
  5. 100x = 3600
  6. x = 3600 100
  7. x = 36°
  8. Satisfeitos: 1500 pessoas
  9. 100% = 360° 75% x
  10. 100x = 360·75
  11. 100x = 27000
  12. x = 27000 100
  13. x = 270°
  14. Insatisfeitos: 300 pessoas
  15. 100% = 360° 15% x
  16. 100x = 360·15
  17. 100x = 5400
  18. x = 5400 100
  19. x = 54°
  20. O gráfico de setores relacionado a essa situação será:
You might be interested:  Como Excluir Contato Do Whatsapp?

: Gráfico de setores – Escola Kids

Como colocar valores na coluna do gráfico?

Usar valores de célula como rótulos de dados – Você pode usar valores de célula como rótulos de dados para o gráfico.

  1. Clique com o botão direito do mouse na série ou no rótulo de dados para os quais deseja exibir mais dados e, em seguida, clique em Formatar Rótulos de Dados,
  2. Clique em Opções de Rótulo e, em Rótulo Contém, selecione a caixa de seleção Valores das Células,
  3. Quando a caixa de diálogo Intervalo de Rótulo de Dados for exibida, volte para a planilha e selecione o intervalo para o qual você deseja que os valores de célula sejam exibidos como rótulos de dados. Quando você fizer isso, o intervalo selecionado será exibido na caixa de diálogo Intervalo de Rótulo de Dados, Clique em OK, Os valores de célula agora serão exibidos como rótulos de dados em seu gráfico.

Qual comando cria automaticamente um gráfico no Excel?

Sobre o comando Alt+F1 do Excel – O comando “Alt+F1” é o que cria automaticamente um gráfico com colunas em uma planilha do Excel, selecionando anteriormente alguma célula que contenha alguma informação na planilha ou tabela, Isso permite que o usuário visualize de forma visual os dados presentes na planilha.

Quais os mini gráficos do Excel?

Minigráficos • Função Excel No Excel é possível visualizar os dados das planilhas em forma de gráfico, deixando a leitura dos dados mais fácil e atraente aos olhos. E tipo de gráfico é o que não falta. Temos gráficos de linha, de barras, colunas, pizza, área, radar, superfície, velas e pontos, isso sem contar que podemos mesclar mais de um tipo de gráfico em um só. Todos estes acessíveis no menu principal em Inserir > Gráficos. ( para aprender a fazer seu primeiro gráfico no Excel). Bom, talvez isso você já sabia. Mas já ouviu falar dos Minigráficos ?

Quais os tipos de gráficos de função?

Podemos representar graficamente uma função usando vários tipos de gráficos: gráficos de barras, correspondência ou relação entre conjuntos, gráfico cartesiano.

O que é uma função y F X?

Funções e Gráficos Seja um sistema de referência Cartesiano e uma curva ou representação gráfica de uma função y = f(x), isto é, que o valor em y é uma função da variável x, se essa representação gráfica não é cortada em mais de um ponto por uma reta paralela ao eixo Oy.

É possível inserir um gráfico no Excel usando o atalho F11?

Utilizando TECLAS DE ATALHO – Podemos ser mais produtivos e criar gráficos reduzindo etapas, para tanto, devemos utilizar teclas de atalho. Logo, selecione o intervalo de dados desejado ou um campo no intervalo de dados, e pressione: Por padrão, será criado um gráfico de colunas, você poderá selecionar o gráfico, clicar com botão direito do mouse e ir em ALTERAR TIPO DE GRÁFICO, e selecionar o modelo desejado (Figura 6). Figura 6. Criação de gráfico com atalho e alteração do tipo de gráfico. Outra opção, clique na área do gráfico, surgirão duas novas guias de contextos: DESIGN DO GRÁFICO e FORMATAR, logo, clique em DESIGN DO GRÁFICO, vá até o grupo TIPO e selecione ALTERAR TIPO DO GRÁFICO (Figura 7). Figura 7. Alterando tipo de gráfico utilizando a guia de contexto. Há outra opção de tecla de atalho para criação de gráfico, esta opção cria um gráfico em uma nova planilha. Para criar o gráfico, selecione o intervalo de dados e pressione a tecla: Após teclar F11, uma nova planilha denominada “Gráfico 1” surgirá (Figura 8). Figura 8. Gráfico criado com a tecla de atalho F11.