Como Fazer Bolo De Pote?

O que é preciso para fazer bolo de pote?

O passo a passo de como fazer bolo de pote para vender começa com a escolha da receita e o capricho na apresentação do produto, em seguida, deve ser feita a higienização da embalagem e, por fim, a criação de uma estratégia de marketing de vendas. Com essas etapas fica mais fácil saber por onde começar o negócio, mas também é comum que algumas perguntas apareçam no decorrer do planejamento, certo? Pensando nisso, preparamos um artigo capaz de responder tudo o que você precisa saber com relação às vendas de bolo de pote.

  1. Confira! Tenha em mente que será necessário ter os ingredientes básicos para as primeiras encomendas, além disso, alguns utensílios básicos para a preparação são indispensáveis, como batedeira, fuê, formas de alumínio para assar e embalagens para finalizar o produto.
  2. É possível iniciar o negócio somente com os ingredientes e utensílios domésticos que você tem em casa e aumentar o investimento gradualmente de acordo com o crescimento do negócio, visando sempre equilibrar os lucros com os gastos.

Ingredientes básicos como farinha de trigo, óleos, açúcar, fermento e chocolate em pó, ovos, leite e morangos são indispensáveis na cozinha de quem deseja vender esse tipo de doce. Com os insumos em mãos, confira a lista de utensílios que devem estar à sua disposição logo no início:

  • batedeira;
  • fuê;
  • formas de alumínio ou silicone para ir ao forno;
  • balança de precisão – para que todos os produtos sejam do mesmo tamanho e peso;
  • copo medidor;
  • embalagens para finalizar o produto;
  • aros de corte para montar os bolos de acordo com as embalagens;
  • colheres descartáveis para acompanhar o pote;
  • acessórios de higienização, bacias para higienizar as embalagens, touca para proteção dos cabelos, luvas e aventais;
  • panelas;
  • manga de confeiteiro para pôr o recheio no pote sem sujar a embalagem.

É importante lembrar que esses itens também devem estar inclusos no seu orçamento para começar um negócio.

Quanto se gasta para fazer bolo de pote?

Sugestão de preço para o bolo no pote –

  • O valor da unidade, de 250 ml, vária de R$ 4,00 a R$ 7,00 (Se preferir pode usar outros tamanhos de potinhos, Pote de 145 ml, Pote de 200 ml, Pote de 300 ml e até mesmo pote de 400 ml).
  • O Calculo que você deve fazer é o seguinte: O valor gasto + 30% (referente a, luz, água, gás e etc.) multiplicado por 3.

Quanto tempo dura o bolo no pote?

Ingredientes –

6 ovos 350g de açúcar 240 ml de óleo de milho 350 ml de água morna 1 xícara de chá de chocolate em pó 360 de farinha de trigo 15g de fermento em pó 10 ml de essência de baunilha

Modo de fazer

Bata os ovos e o açúcar até dobrar de volume, em seguida acrescentar o óleo e bata até homogeneizar. Retire da batedeira e peneire por cima a farinha com o chocolate em pó, intercalando com a água, misture com um fouet até homogeneizar. Adicione o fermento em pó e incorpore levemente. Leve em forno pré-aquecido a 180°C por aproximadamente 40 minutos. Tabuleiro 24x35cm

Outra dica muito importante é para que você fique atento com a validade do seu produto. O bolo de pote é válido por até 3 dias quando refrigerado. Caso ele leve frutas cruas, como morangos, a sua validade é de apenas 1 dia. Se for necessário congelar os bolos para aumentar a durabilidade, não coloque os potinhos já montados no freezer, isso prejudica o sabor e a textura do bolo.

  • Sempre congele o bolo inteiro e depois faça a montagem dos potinhos no momento que for vendê-los.
  • Para que você aprenda ainda mais sobre a arte da culinária, nós sugerimos que você confira os cursos disponíveis em nosso,
  • Temos um curso online de bolo de pote que vai te ajudar ainda mais, e que além disso você pode fazê-lo do conforto da sua casa.

Nós temos diversos cursos de confeitaria, massas, recheios e técnicas de decoração, tanto quanto, acesse o link e confira os cursos disponíveis e garanta sua vaga. Esperamos ter ajudado você a se preparar para as vendas. Deixe aqui nos comentários o que achou das dicas, se ajudaram você a solucionar suas dúvidas e caso você tenha mais algumas dicas, compartilhe com a gente também.

Qual o lucro de vender bolo de pote?

Quanto dá para ganhar vendendo bolo de pote? – As possibilidades de ganhos com esse negócio de bolos de pote para vender vão depender de uma série de fatores. Primeiramente, é preciso determinar, com antecedência, qual tipo de bolo de pote e qual o público que você espera atingir.

Se a intenção é vender bolos de pote simples para um público mais amplo, os seus ganhos tenderão a ser bons, porém, também irão variar bastante. Isso porque vender para pessoas aleatórias em pontos de ônibus e feiras por exemplo, irá dificultar a fidelização de clientes. Já se você preferir investir em bolos de pote gourmet, que são mais caros e também mais elaborados, o seu lucro tenderá ser proporcionalmente maior.

Claro, desde que a sua região tenha um público interessado nessa qualidade, certamente a fidelização da clientela será mais promissora. O mesmo pensamento vale para venda de bolos de pote sob encomenda para festas e eventos em geral. Pois como a quantidade de produtos vendidos de uma única vez é maior os seus ganhos também serão maiores.

Na prática do dia a dia, e se esforçando da maneira correta, é possível ganhar entre R$ 2.000,00 e R$ 5.000,00 por mês, ou até mais. Considere que quanto maior for o seu empenho nesse negócio, mais você vai lucrar. É por isso que muitas pessoas estão fazendo da venda de bolos de pote a sua principal fonte de renda.

Apenas se atentando aos investimentos básicos que irão garantir um negócio realmente lucrativo. Para aproveitar essa oportunidade você pode explorar o nosso guia de vendas no link abaixo. Ou continuar por aqui mesmo e entender quanto é necessário investir nesse negócio. Como e Onde Começar a Vender Bolo no Pote para Lucrar

You might be interested:  Como Tirar Espinha Interna?

Qual o lucro de quem vende bolo de pote?

Vender bolo no pote dá dinheiro? – Escolher o setor alimentício para trabalhar é uma boa ideia, já que ele raramente sofre alterações diante da crise econômica. Por outro lado, é extremamente difícil encontrar quem não goste de, não é verdade? É um tipo de alimento que agrada a todos os paladares, pois existem, sem contar que o preço é super acessível para qualquer um.

  1. Mas vamos começar falando sobre a rentabilidade desse tipo de negócio.
  2. Já de cara a economia é benéfica tanto para quem compra quanto para quem produz.
  3. Vamos supor que você gaste em torno de R$25,00 para fazer uma receita de bolo de prestígio.
  4. Com apenas 1 receita você conseguirá montar até 15 bolos no pote.

Cada bolo no pote de prestígio, por exemplo, pode valer até R$7,00, dependendo da sua popularidade. Diante desse exemplo, podemos assumir que você conseguirá levantar uma quantia de R$105,00 por receita, menos o custo de R$25,00, você terá um lucro de R$80,00 por receita.

Dependendo dos canais de comunicação que você utilize, dos formatos de vendas e do tipo de negócio que você tem, é possível faturar até R$5.000,00 por mês. Vender bolo no pote dá dinheiro ? Como você pôde perceber é um negócio que dá sim muito resultado já no início, porém para manter a lucratividade e aumentar suas demandas é preciso ter em mente alguns conhecimentos.

Veja!

Quanto cobrar em um bolo de pote de 250ml?

Por quanto é vendido um bolo no pote? – O preço do bolo no pote costuma variar muito, afinal depende do lugar, do tipo de bolo, dos tamanho do pote e de vários outros fatores. Portanto, é totalmente possível encontrar bolos no pote com preços entre R$ 2,50 e R$ 7 Reais.

  1. O mais comum são os potinhos de 250 Ml.
  2. Esses são vendidos por em média R$ 4 Reais, portanto na maioria dos casos você vai encontrar pessoas vendendo esse tipo de bolo e por essa faixa de preço.
  3. De qualquer forma, você não pode se basear pelo preço dos outros que são vendidos no mercado.
  4. É lógico que serve como um bom comparativo para ter uma noção, mas nunca leve só isso em consideração.

Você precisa colocar tudo na “ponta do lápis” e calcular de verdade. O mais importante é saber o seu custo de produção. Sabendo disso, você já terá meio caminho andado para descobrir por quanto pode vender bolo no pote!

Quanto dá para lucrar com bolo caseiro?

Tem como ganhar dinheiro fazendo bolos? – Sim, se você gosta de fazer bolos e tem habilidade com isso, você pode ganhar um bom dinheiro todo mês. Inclusive, existem inúmeras pessoas que vivem apenas disso e você também pode transformar essa habilidade em lucro.

Você só precisa decidir começar na área e se esforçar para produzir bolos de qualidade. Esses simples passos já lhe ajudará a começar ganhar dinheiro fazendo bolos. Mas afinal, quanto dá para ganhar fazendo bolos? Isso vai depender de vários fatores, pois existem diversos tipos de bolos que você pode fazer e vários tipos de clientes para atender.

Nesse artigo eu vou focar em falar apenas sobre os bolos caseiros (bolos simples). Mas se você quiser, poderá ler o artigo sobre como fazer bolos de aniversário para vender, que pode ser uma boa opção também para lucrar. Se tratando de bolos caseiros, você poderá faturar de R$ 2 a R$ 6 mil Reais por mês, mas dependendo do tipo de negócio é possível faturar mais de R$ 12 mil Reais por mês.

Quanto ganha em média uma boleira?

Taxa Salarial Ano Mês Quinzenal Semana Dia Hora Quanto um Boleira ganha no Brasil? R$1.496 / Mês Baseado em 53 salários O salário médio de boleira em Brasil é de R$17.952 anuais ou R$9,21 por hora. As posições de nível inicial começam nos R$17.136 anuais, enquanto que os trabalhadores mais experientes podem chegar a ganhar R$20.400 anuais. Mediana R$1.496 Baixo R$1.428 Alto R$1.700

Quantas horas o bolo precisa ficar prensado?

Como não errar a montagem e estruturar um bolo de andar? Quais utensílios utilizar? Tem algum recheio específico que ajude na estruturação do bolo? Veja dicas exclusivas que separamos para você sanar suas dúvidas! Se algum dia você já recebeu uma encomenda de bolo de andar, ou ainda irá receber, é muito possível que tenha sentido aquele frio na barriga só de imaginar o quanto deve ser complicado estruturar um bolo desse tipo e altura.

  1. Montar um bolo de andar é trabalhoso, mas não é impossível.
  2. Basta usar as técnicas e utensílios corretos e terá uma bolo de andar fabuloso! Veja algumas dicas que as Confeiteiras Jakeline Lima, Lilian Kuster e Marileia Paris para vocês não errarem na hora da montagem do seu bolo.
  3. Jakeline proprietária da “Jakeline Lima Doces”, Lilian Kuster proprietária da “Lilian kuster Cake Designer” e Marileia Paris proprietária da “Marileia Paris”, contam que é importante fazer uma sustentação correta no bolo, primeiro fazer a massas,os sabores mais utilizados para bolo de andar são baunilha e chocolate.
You might be interested:  Amar O Próximo Como A Ti Mesmo?

São massas saborosas e que possuem uma consistência adequada para sustentar o recheios cremosos. Use sempre recheios que são consistentes, como por exemplo recheio com base de brigadeiro, pois possibilita ter uma sustentação mais firme. Mas você também pode fazer outros recheios como mousse de chocolate, chocolate belga,doce de leite, entre outros.

Depois, é preciso prensar os bolos no acetato por pelo menos 24 horas e por fim usar os utensílios essenciais que auxiliarão na montagem e estruturação do seu bolo que veremos a seguir. COMO FAZER A ESTRUTURAÇÃO DO SEU BOLO DE ANDAR Ficou curiosa para saber como funciona isso na prática? Veja o passo a passo que a Bruna Karla proprietária do canal do Youtube “Bru na cozinha” fez especialmente para você.1 Passo: Reúna os utensílios necessários para não errar na hora da montagem: – Tabuleiro de madeira: Recomendamos que você sempre use tabuleiros de madeira, eles te darão uma sustentação maior.

Não use pratos de papelão pois eles tiram toda a estabilidade do seu bolo. – Disco de isopor: É Ideal para separar as massas uma da outra e dar uma base mais firme para segurar a estrutura do seu bolo por completo. – Palito de churrasco: O palito de churrasco vai ligar um andar ao outro, para que o bolo não se movimente. Fonte: Bru na cozinha Coloque seu bolo no centro do tabuleiro! Lembre-se se seu bolo ter recheios diferentes de um andar para o outro, coloque sempre o recheio mais pesado no andar debaixo e o recheio mais leve no andar de cima.4 Passo: Passe uma pré-camada de chantilly em todo o seu bolo, depois pegue o disco de isopor e centralize no meio, o colocando em cima do bolo, ele servirá como base para suportar o próximo andar.5 Passo: Fixando bem o disco de isopor em seu bolo, pegue uma espátula e faça uma marcação do círculo, ela te ajudará a fazer a montagem dos caninhos de estruturação dentro do círculo, onde ficará o peso do próximo andar.6 Passo: Ao finalizar a marcação, tire o disco de isopor com cuidado e deixe do lado, pois você usará ele em breve.7 Passo: Coloque os canudinhos de sustentação dentro da marcação feita pelo disco de isopor.8 Passo: Caso seu canudo de sustentação for maior que o bolo, afunde-o até que você sinta o tabuleiro no fundo.

  • Depois suba o canudo e com uma tesoura corte até onde estiver a marcação do resíduos do bolo.
  • Lembre-se o canudo não pode ficar nem mais baixo e nem mais alto, ele precisa ficar do tamanho exato do seu bolo.9 Passo: Coloque uma quantidade razoável de canudo, até que você perceba que seu bolo esteja bem estruturado.

Ao redor da marcação coloque 4 canudos, deixando um espaço no meio para colocar o palito de churrasco para ligar um andar com o outro.10 Passo: Depois de estruturar seu bolo com os canudos, passe uma camada de chantilly em cima do bolo e em seguida coloque o disco de isopor centralizado na marcação que lá no começo você fez com ele.11 Passo: Após colocar o disco de isopor, pegue seu bolo do 2 andar e o posicione ao centro do bolo debaixo.12 Passo: Pegue o palito de churrasco e coloque ao lado do seu bolo.

Corte o palito na altura exata dos dois andares.13 Passo: Depois que você cortar seu palito de churrasco na altura exata, centralize-o no meio do seu bolo e o afunde até sentir o fundo do tabuleiro.14 Passo: Chegou a melhor parte! Depois que seu bolo estiver todo estruturado, decore com os produtos da Fab! E acredite, ele ficará fabuloso 🙂 Massas Ideais para o Bolo de andar Evite o pão de ló, pois esse tipo de massa, não tem muita consistência e é muito possível que seu bolo desmorone.

Uma das massas indicadas devido à consistência é a massa amanteigada (veja aqui uma receita exclusiva para você de massa amanteigada), Além disso, uma dica de cobertura é considerar também a pasta americana que permite que os bolos fiquem bem estruturados e firmes.

  1. Além de recheios específicos e mais propícios para a estruturação, existem massas que facilitam,
  2. Cuidados para o transporte do bolo de andar.
  3. O transporte dos bolos de andar é o grande medo de muitas confeiteiras e são diversos os “perrengues” passados pelas fabulosas.
  4. Para evitar problemas, conversamos com nossas parceiras que sugerem as dicas a seguir.

Caso seu bolo tenha apenas 2 andares, você consegue transportá-lo no carro tranquilamente, sempre tomando os cuidados necessário para não que não ocorra nenhum imprevisto. Jake lima inclusive aponta que é essencial que seu bolo esteja gelado pois ele fica ainda mais firme para o transporte, veja o local mais seguro em carro e coloque seu bolo.

Caso ocorra algum problema, a Lilian Kuster conselha que você leve sempre um kit SOS, para fazer pequenos reparos no bolo no local do evento. Por exemplo: Bombinhas, bicos, espátulas e um pouco do chantilly. Mas é claro, sempre é melhor evitar estresse no transporte, para isso, Marileia sugere que antes de qualquer encomenda, veja com o cliente se é possível finalizar a montagem do seu bolo no local de entrega.

Se ele aceitar, leve o bolo separado por partes e finalize lá mesmo.Caso seu bolo tenha 3 andares ou mais, aconselhamos que o bolo seja montado no local. Lembre-se é muito importante que você seja rápido e organizado, para não deixar uma situação desconfortável tanto para você quando para seu cliente.

Pode congelar o bolo no pote?

Recheios podem ser congelados? – Agora, recheios que vão Maizena não podem ser congelados, porque no processo de descongelamento soltará muita água. Então, não é indicado. Vale tomar muito cuidado também com recheios prontos de frutas. Como ele passou pelo processo de aquecimento, é normal soltar água.

Quando você congela e descongela também soltará mais água. Essas pequenas coisas atrapalham muito o visual do seu bolo de pote. E como diz o ditado: os clientes compram com os olhos. Tenho aqui no blog, um guia completo em que eu explico direitinho como congelar qualquer tipo de massa de bolo. Dê uma olhada depois.

Então, a melhor forma de você ganhar na produtividade com bolos de pote é congelando parte dele. Se você fez um recheio que não vai ingrediente perecível, pode até deixar o bolo montadinho já e depois só fazer a decoração final. Sempre que eu acabo de montar meus bolos, deixo todos eles no freezer por cerca de 15 minutos, só para dar aquela geladinha e firmada nos recheios e coberturas.

Em seguida, passo para baixo e mantenho sob alta refrigeração. Eu acho que assim a massa fica muito mais natural, conservada e bem estruturada. Caso você queira congelar a massa, precisa deixá-la descongelar em temperatura ambiente. Não force o descongelamento, porque senão você terá problemas com ela.

😉 Como você pôde perceber, congelar massas e recheios é sim possível, mas um pouco chato de trabalhar, já que exige muitos cuidados.

You might be interested:  Banguela Como Treinar Seu Dragão?

Qual a diferença entre bolo no pote e copo da felicidade?

Copo da felicidade vira válvula de escape na pandemia Publicada em 14/08/2020 às 11:20 Para alguns, brigadeiro, morango, creme de leite ninho e brownie. Para outros, nutella, doce de leite, merengue e até pedacinhos de pão de mel. Opção é o que não falta na hora de escolher a nova febre da confeitaria brasileira: os famosos copos da felicidade que, tecnicamente, levam o nome de ” verrine “, original de “verre”, ou seja, copo em francês.

  • O tradicional verrine deu origem ao copo da felicidade, sucesso da confeitaria nessa quarentena O conceito de verrine surgiu da cozinha moderna, composta por copinhos pequenos e bem coloridos, servidos em entradas ou sobremesas.
  • Além disso, contam com boa harmonia para que se possa deliciar comendo com uma colher.

Diferente do bolo de pote, o copo da felicidade é um doce com camadas intercaladas, muito recheio e frutas misturadas, criando uma diversidade de sabores que alimenta não só o estômago, mas também os olhos. Para a psicóloga Cibele Querino, a estética é sempre muito importante na escolha dos alimentos e esse é um dos pontos principais no copo da felicidade.

O doce traz ingredientes conhecidos de uma forma nova, tem uma bela apresentação e um nome especial que sugere a ideia de alegria, alívio e bem-estar no consumo”, e frisa que o consumo excessivo de açúcar não traz qualquer tipo de alívio para a ansiedade, exceto no momento da degustação. E foi justamente nesse período em que o mundo enfrenta o Coronavírus, que a sobremesa entrou em cena.

Dados da pesquisa ConVid, apontam que a ingestão de embutidos, congelados e doces aumentou após a pandemia. Para se ter uma ideia, entre jovens e adultos, na faixa de 18 a 29 anos, 63% estão consumindo doces ou chocolates duas vezes por semana ou mais.

A nutricionista Thais Barros explica que, ao consumir açúcar e outros carboidratos refinados, há a liberação rápida e abrupta de dopamina – aquela sensação de prazer e bem-estar. “Estamos vivendo um momento atípico de estresse elevado e ansiedade. Essas alterações emocionais levam o organismo a produzir de forma excessiva o hormônio Cortisol que, quando desregulado, aumento a vontade de comer doces e estimula a fome emocional”.

Fernanda Marcansolo é professora de ballet em Jundiaí e há dois meses começou a produzir a sobremesa na cidade e também percebeu esse aumento no consumo das guloseimas doces nesse período. “Procurei na internet e achei uma ótima sacada, principalmente agora em que as pessoas estão mais reclusas, ansiosas e ociosas.

A procura por doce aumentou e muito”. E quando o assunto é o sabor favorito, Oreo sai na frente. “Trabalhamos com seis sabores, mas esse é o que mais sai. Lançamos um novo que leva um mini pudim em cima. Essa é a nova aposta!”. Uma coisa é fato, a ideia do copinho é perfeita e bem criativa. Não há problemas em seu consumo, desde que a saúde esteja em dia e esse seja um ato consciente.

(Texto: Caroline Ferreira/Imagens: Divulgação) Link original: https://tvtecjundiai.com.br/news/2020/08/14/copinho-da-felicidade-vira-valvula-de-escape-na-pandemia/ : Copo da felicidade vira válvula de escape na pandemia

Porque comprar bolo no pote?

Por que comprar bolo no pote? –

O bolo no pote é uma sobremesa individual, em que o pote faz a função de louça, o que evita bagunças principalmente em festas infantis. Com uma variedade de recheios, charme especial que ajuda na sua decoração, perfeitos para pequenos e grandes eventos o bolo no pote é apaixonante. Em celebrações mais intimistas, ele pode ser servido como complemento do bolo principal e até mesmo como lembrancinha, para que os convidados possam levar um pedacinho da delícia que comeram na sua festa para a casa.

O que precisa para vender bolo de pote na rua?

O que você precisa saber antes de vender bolos no pote na rua? – Vender bolos no pote na rua exige muitas observações importantes que precisam serem avaliadas com todo cuidado. Justamente por isso é que eu recomendo que você faça um planejamento completo. Um plano de negócios é a primeira coisa que você precisa fazer antes de pensar em investir em qualquer coisa.

  • Quando falamos em trabalhar com alimentos, todo cuidado é pouco.
  • O seu local de trabalho precisa ser impecável, no caso de montar uma barraca para vender bolo no pote.
  • Como vender bolo no pote na rua é um trabalho que exige muita cautela, você terá que ter excelentes condições como transporte e materiais para armazenamento.

Tudo precisa estar de acordo com as normas da Vigilância Sanitária para não ter problemas depois. Além disso, precisa ver a questão de ter alguém para te ajudar nas vendas. Essa pessoa precisa de treinamento? Quantas pessoas trabalharão com você? Por quanto tempo você pretende vender bolo no pote na rua? Outra coisa importante é a formalidade do seu negócio.