Como Aliviar Dor De Ouvido?

Como aliviar dor de ouvido rápido caseiro?

1. Coloque uma compressa morna – Para começar as nossas dicas sobre como melhorar dor de ouvido em casa, aqui está a mais indicada pelos profissionais da saúde: usar uma compressa morna, Você pode usar o ferro de passar roupa para esquentar levemente o tecido ou umedecê-lo com água morna.

O que é bom para aliviar a dor de ouvido rápido?

Tratamento da dor de ouvido – A dor pode ser amenizada com analgésicos, como paracetamol e dipirona, ou anti-inflamatórios, como ibuprofeno. Compressa frias ou quentes (cuidado para não se queimar ou queimar a criança) na orelha podem ajudar. Veja também: Dr.

Drauzio fala sobre perda de audição Algumas infecções precisam ser tratadas com antibióticos. Se a dor estiver muito intensa ou a pessoa apresentar febre de 38C ou mais, procure um médico. Em caso de acúmulo de cerume, que ocorre principalmente em pessoas mais velhas, pode ser necessária uma lavagem feita pelo médico otorrinolaringologista.

Se a dor for causada por outros problemas, como dor na articulação da mandíbula ou de garganta, é preciso tratar a causa.

O que é bom pingar no ouvido para dor de ouvido?

Geralmente, os remédios receitados pelos médicos são antibióticos e/ou anti-inflamatórios em gotas que, por sua vez, são aplicados no ouvido afetado. Alguns mais conhecidos são Cerumin e Oto Xilodase.

Qual o melhor Anti-inflamatório para dor de ouvido?

A nimesulida serve para dor de ouvido? – Como mencionamos anteriormente, a nimesulida serve para dor de ouvido, assim como serve para o tratamento de uma ampla diversidade de sintomas, em razão de suas benéficas propriedades. De modo geral, a dor de ouvido é acompanhada de muitos desconfortos, como é o caso da vermelhidão na orelha, zumbido, inchaço, coceira, dor de cabeça, dor forte irradiada para o pescoço, tontura e vertigem, mal-estar geral, febre e secreção purulenta.

  1. Por esse motivo, os pacientes buscam pela prescrição do anti-inflamatório não esteroidal, visando adquirir uma melhor qualidade de vida.
  2. Há ainda aqueles que tomam o remédio por conta própria, sem a adequada instrução de profissionais de saúde.
  3. Entretanto, em primeiro lugar é necessário descobrir qual a origem do problema para prescrever esse medicamento, principalmente quando se trata de casos severos.

Sendo assim, é importante passar por uma consulta médica antes de consumir a nimesulida. Quando receitada e ingerida conforme as orientações de um clínico geral ou otorrinolaringologista, ela se torna capaz de combater inflamações, dores e febre, a partir de sua ação que inibe uma enzima chamada de cicloxigenase.

  1. Esta enzima é responsável por criar uma substância conhecida como prostaglandina, causadora dos sintomas desagradáveis.
  2. Com essa atividade, os sinais nocivos diminuem.
  3. Portanto, além de aplicar compressas frias ou quentes na orelha, você também pode usufruir do fato de que a nimesulida serve para dor de ouvido.

Vale evidenciar que, existem infecções graves que precisam ser tratadas com antibióticos. Normalmente, essas situações necessitam de um acompanhamento e monitoramento médico. Além de que, quando a causa da dor de ouvido é o acúmulo de cerume, pode ser necessária uma lavagem feita pelo médico otorrinolaringologista.

Porque a dor de ouvido piora à noite?

Na maioria dos casos, o zumbido no ouvido ao deitar aparece devido à ausência de outros estímulos sonoros que, durante o dia, tiram a atenção do paciente sobre o sintoma. Ou seja, o zumbido está presente o tempo todo, mas só é percebido em ambientes ou períodos silenciosos, levando o indivíduo a crer que ele só surge ou piora durante a noite.

  1. Doutora, eu estou com um zumbido que só aparece quando vou dormir ou quando acordo de madrugada.
  2. O que pode ser? Antes de qualquer coisa, é importante entender que a audição não depende apenas dos estímulos sonoros captados pelo ouvido.
  3. A nossa atenção e a maneira como nos relacionamos com os sons podem afetar diretamente a experiência de ouvir, sobretudo em pessoas acometidas por doenças ou disfunções relacionadas.

Quando o zumbido gera muito incômodo, o sintoma pode gerar ansiedade, irritação e insônia, fatores que podem fazer com que o indivíduo dê ainda mais atenção ao som e o perceba como uma perturbação em outros momentos do dia, não apenas durante a noite.

Doutora, eu só tenho zumbido no ouvido ao deitar. Será mesmo? O que é o zumbido no ouvido e quais são as suas principais causas? Por que você deve procurar um médico? Como diminuir a percepção do zumbido durante a noite?

É bom colocar algodão com álcool no ouvido?

Pingar álcool no ouvido faz mal: técnica pode causar surdez – Dr. Jamal Azzam Usar álcool no ouvido para desentupir é uma receita caseira muito usada quando entra água no canal auditivo. Ao pingar a substância, o líquido que incomoda passa a evaporar, o que alivia imediatamente a sensação de entupimento.

Apesar de funcionar, será que o procedimento é seguro? Confira: Pode pingar álcool no ouvido? De acordo com o Jamal Azzam, otorrinolaringologista da Clínica Jamal, colocar objetos ou líquidos no ouvido é sempre um risco. “Isso deve ser feito somente de modo indicado explicitamente pelo médico”, explica.

Ainda segundo ele, a membrana do tímpano separa o canal do ouvido médio, que é sensível e não deve ter contato com nenhuma substância. Entretanto, qualquer alteração nesta membrana propicia a entrada de compostos na parte média, o que pode causar infecções graves, zumbidos, tonturas e até mesmo perda definitiva de audição.

You might be interested:  Como Abrir Conta Na Caixa?

O problema é que a maioria das pessoas que apresentam deformações nessa película não sabe que as tem. Portanto, é indicado tirar água do ouvido com álcool apenas em casos nos quais já foi comprovado que essa região do tímpano é íntegra e que o canal do ouvido não tem contraindicações”, ressalta. Como desentupir ouvido? O profissional explica que o mais indicado é esperar a água sair normalmente.

Se isso não ocorrer, pode ser sinal de excesso de cera ou descamações que impedem que a substância seja liberada. O doutor indica o que fazer para tirar água do ouvido: • Deite-se lateralmente, deixando o ouvido entupido para baixo e esfregue levemente a orelha, em movimentos circulares, fechando e abrindo a boca ao mesmo tempo.

Caso o incômodo permaneça, mantenha o ouvido tampado para baixo e dê leves tapas no outro lado da cabeça. Caso nada resolva, espere um pouco e repita os procedimentos. Se mesmo assim não obtiver melhora, procure um médico. O especialista também deve ser procurado se o indivíduo apresentar sintomas como dor de ouvido, vazamento de sangue ou pus e, no caso de crianças pequenas, mudanças de comportamento.

: Pingar álcool no ouvido faz mal: técnica pode causar surdez – Dr. Jamal Azzam

Qual o melhor remédio para pingar no ouvido?

OTOSPORIN® é indicado para o tratamento de otites externas (infecção do ouvido na região da orelha externa), com suspeita ou certeza de infecção bacteriana. O uso de OTOSPORIN® não exclui o tratamento sistêmico concomitante com antibióticos, quando for adequado.

O que provoca inflamação no ouvido?

Recursos do assunto Seu ouvido médio é um espaço vazio atrás do tímpano. O ouvido médio tem três pequenos ossos que enviam as vibrações do tímpano para os nervos no ouvido interno.

As infecções do ouvido podem acontecer em qualquer idade, mas são mais comuns em crianças Em geral, elas são desencadeadas por um resfriado ou por alergias O ouvido infectado dói, e pode comprometer a capacidade de ouvir A maioria das infecções do ouvido melhora espontaneamente, mas os médicos receitarão antibióticos para infecções graves ou para uma infecção que não desaparece por si

Infecções do ouvido agudas são causadas por um vírus ou bactéria. Ter um resfriado comum ou alergia pode levar a uma infecção do ouvido. A infecção preenche o ouvido médio com fluido. Com uma infecção bacteriana, o fluido pode ser pus. Os sintomas mais comuns são:

Dor de ouvido Perda da audição

Bebês podem ficar irritadiços ou ter dificuldade para dormir. As crianças pequenas podem puxar o ouvido, ter febre, sentir enjoo, vomitar ou ter diarreia. A maioria das pessoas não apresentam complicações. Crianças que têm infecções do ouvido com frequência podem ter:

Perda auditiva de longo prazo

Muito raramente, uma infecção bacteriana pode se propagar para o osso craniano nas proximidades ou para o cérebro. Os médicos usam uma luz portátil, para verificar se:

O tímpano está abaulado ou vermelho Há acúmulo de fluido por trás do tímpano

A maioria das infecções do ouvido agudas desaparece sem tratamento, mas os médicos podem administrar:

Antibióticos Analgésicos, como paracetamol ou ibuprofeno Para adultos, às vezes, spray descongestionante ou comprimidos Para pessoas com alergias, comprimidos anti-histamínicos

Se a dor de ouvido é severa, os médicos podem precisar drenar o fluido do ouvido médio. Eles podem fazer um pequeno orifício no tímpano para drenar o fluido ou colocar tubos no tímpano para manter a drenagem adequada do fluido.

Não dê mamadeira para o bebê quando estiver deitado nem deixe a mamadeira na cama com ele Não fume em casa ou ao redor de crianças

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE Direitos autorais © 2023 Merck & Co., Inc., Rahway, NJ, EUA e suas afiliadas. Todos os direitos reservados.

Pode tomar paracetamol para dor de ouvido?

Visualização do interior do ouvido – A dor de ouvido pode ser devido a uma doença do próprio ouvido ou a uma doença em uma parte do corpo próxima ao ouvido que compartilhe os mesmos nervos cerebrais com o ouvido. Tais partes do corpo incluem o ouvido, os seios paranasais, a garganta e a articulação temporomandibular (ATM).

Disfunção crônica da trompa de Eustáquio Infecção crônica do ouvido externo

Uma causa menos comum de dor crônica é a dor causada por distúrbios que afetam a laringe, incluindo câncer (chamada dor referida). As informações a seguir podem ajudar as pessoas com dor de ouvido a decidir quando a avaliação médica é necessária e a saber o que esperar durante a avaliação. Em pessoas com dor de ouvido, certos sintomas e características são motivo de preocupação:

Diabetes, um sistema imunológico comprometido ou doença renal crônica Rubor e inflamação atrás da orelha Edema grave na abertura do canal auditivo Secreção líquida saindo do ouvido Dor crônica, especialmente em pessoas que tenham outros sintomas na cabeça/pescoço (como rouquidão, dificuldade para engolir ou obstrução nasal)

Primeiro, os médicos fazem perguntas sobre os sintomas e o histórico médico. Os médicos, então, fazem um exame físico focado nos ouvidos, nariz e garganta. O que for encontrado durante o histórico e exame físico geralmente sugere uma causa para a dor de ouvido e os testes que talvez precisem ser feitos (consulte a tabela ). Os médicos também podem fazer testes com um diapasão Exames para avaliar a audição. Além da presença dos sinais de alerta, uma característica importante é o estado normal do ouvido examinado. Doenças do ouvido externo e do ouvido médio causam anormalidades que, quando combinadas com os sintomas da pessoa e outros históricos médicos, geralmente sugerem uma causa. Com muita frequência, o exame médico fornece um diagnóstico e não são necessários exames. Entretanto, as pessoas com exame de ouvido normal, particularmente as que têm dor crônica ou recorrente, podem precisar de exames para descartar um câncer. Tais exames normalmente incluem exames do nariz, garganta e laringe com um visualizador flexível (endoscópio) e ressonância magnética (RM) da base do crânio.

A melhor maneira de tratar a dor de ouvido é tratar a doença subjacente. As pessoas podem tomar um medicamento analgésico por via oral. Geralmente, é indicado um medicamento anti-inflamatório não esteroide (AINE) ou paracetamol. Entretanto, algumas pessoas, particularmente aquelas com infecção grave do ouvido externo, podem precisar tomar um opioide como a oxicodona ou a hidrocodona durante alguns dias.

You might be interested:  Como Fazer Tutu De Feijão?

Quando há uma infecção grave do ouvido externo, frequentemente os médicos também aspiram o pus ou outra secreção do canal auditivo e inserem um pequeno tampão de espuma. O tampão pode ser embebido com antibiótico e/ou gotas otológicas à base de corticosteroide.

  • As gotas otológicas que contêm analgésicos (como associações de fenazona/benzocaína) são geralmente pouco eficazes, mas podem ser usadas por alguns dias.
  • Estas gotas (e quaisquer outras gotas otológicas, como as que removem cera do ouvido) não devem ser usadas pelas pessoas que possam ter um tímpano perfurado, portanto, um médico deve ser consultado antes que elas sejam usadas.

As pessoas deveriam evitar cutucar os ouvidos com quaisquer objetos (não interessa quão macio seja o objeto ou quão cuidadosas as pessoas pensem que estão sendo). Além disso, as pessoas não deveriam tentar lavar os próprios ouvidos, a não ser quando instruídas pelo médico para fazê-lo, e então, apenas suavemente.

Muitas dores de ouvido são devido a infecções do ouvido médio ou do ouvido externo. Um exame médico é normalmente tudo que é necessário para o diagnóstico. Se o ouvido parecer normal durante o exame, o médico procura a doença nas estruturas próximas do ouvido.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE Direitos autorais © 2023 Merck & Co., Inc., Rahway, NJ, EUA e suas afiliadas. Todos os direitos reservados.

Quanto tempo demora para curar uma inflamação no ouvido?

Quanto tempo demora para a otite passar? – De modo geral, a otite externa começa com leve desconforto e coceira no canal auditivo e, em poucos dias, evolui para dor e inchaço local. O tratamento geralmente é feito com gotas de antibióticos e cuidados locais e dura cerca de sete dias.

O que fazer para conseguir dormir com dor de ouvido?

Como dormir com dor de ouvido? – Dormir com dor de ouvido pode ser difícil, pois qualquer pressão sobre a área intensifica o desconforto. A dica, então, é repousar com a cabeça ligeiramente elevada, usando travesseiros para impedir movimentos bruscos durante a noite. Evite a entrada de correntes de ar no quarto.

Quando devo me preocupar com dor de ouvido?

COMO SABER SE A DOR DE OUVIDO É PREOCUPANTE? Quando a dor dura mais do que 3 dias e está acompanhada de outros sintomas, é bom procurar um otorrinolaringologista.

Estou com muita dor de ouvido?

Por que isso acontece? – As causas mais comuns da dor de ouvido são infecções por vírus, bactérias e fungos, ou exposição à água. Traumas, especialmente a manipulação incorreta da parte externa da orelha (com hastes flexíveis ou objetos), além da presença de cera endurecida ou ressecada, podem ser a causa da dor.

Pode colocar algodão no ouvido doendo?

Dicas em situações de emergência em Otorrinolaringologia – Nariz quebrado As fraturas nasais ocorrem em situações de trauma facial, sejam propositais ( agressões) ou acidentais. Ocorre sangramento nasal, o nariz edemacia (incha) e pode ficar afundado ou torto.

Gelo local e compressão digital podem ser realizadas, mas a procura pelo médico deve ser imediata, uma vez que as fraturas nasais devem ser tratadas ( reduzidas) preferencialmente nas primeiras 12 horas. Sangramentos nasais Sangramentos nasais são freqüentes e podem ocorrer em qualquer faixa etária. Em crianças, na maioria das vezes, não são graves, ocorrendo de forma repetida,associados à exposição ao sol, quadros gripais e alérgicos, tendendo a desaparecer na adolescência.

Ocorrem pela maior fragilidade da mucosa nasal das crianças. Em idosos, a principal causa é a hipertensão arterial. Em todos os casos, mesmo que o sangramento seja controlado, o paciente deve procurar o otorrinolaringologista para exames complementares e definição da causa do sangramento.

  • Ocorrendo um sangramento nasal, deve-se comprimir o dorso do nariz com os dedos, segurando desta forma por,pelo menos,cinco minutos.
  • Além disso, deve-se colocar uma bolsa de gelo sobre o nariz.
  • A posição da cabeça não afeta a quantidade do sangramento.
  • Sendo possível, a pressão arterial deve ser aferida imediatamente, e o paciente deve ser imediatamente levado ao Hospital.

Dor de ouvido Dor de ouvido é um sintoma extremamente comum, podendo ser causada por inúmeras doenças. As principais causas são a otite externa aguda e a otite média aguda. A otite externa aguda ocorre com mais freqüência no verão, uma vez que um dos principais fatores causais é a exposição repetida à água.

Entretanto, uso de cotonetes, palitos e grampos também podem levar à otite externa aguda. A dor é bastante intensa, piorando ao comprimir-se a orelha. Compressas mornas secas ( como bolsas de água morna e toalhas aquecidas) e analgésicos comuns podem aliviar a dor, até chegar-se ao médico. Deve-se colocar algodão nos ouvidos durante o banho, preferencialmente embebido em óleo Johnson`s ou vaselina líquida.

Nenhum tipo de substância deve ser instilada nos ouvidos sem orientação médica, pois podem piorar o quadro. Isto inclui gotas otológicas de procura espontânea nas farmácias e substâncias variadas da sabedoria popular, como leite de peito, óleo de trombeta e urina.

Em diabéticos, a otite externa pode ser bastante agressiva, portanto o cuidado deve ser redobrado. Em pessoas com propensão à otite externa associada à natação, recomenda-se o uso de protetores otológicos, desde que o paciente não faça mergulhos profundos com eles. Os melhores são os de silicone feitos sob medida, sempre após orientação médica.

A otite média aguda é mais freqüente em criancas, particularmente na faixa etária de 6 meses a 2 anos de idade. É mais freqüente nos meses frios, pois está associada a quadros de congestão nasal. Compressas mornas secas e analgésicos podem ser empregados até chegar-se ao médico.

Corpos Estranhos Corpos estranhos são objetos que, de forma proposital ou acidental, são introduzidos nos ouvidos, nariz e garganta. No Brasil, os mais comuns são grãos de feijão, espinhas de peixe, pequenos fragmentos de brinquedos ( plástico ou metálico) e fragmentos de algodão. Os corpos estranhos só podem ser removidos pelo médico, preferencialmente otorrinolaringologista.

Portanto, jamais tente removê-los em casa ou permita que curiosos não-médicos o façam, por mais simples que isso possa parecer. Uma tentativa mal sucedida pode ter conseqüências graves, como sangramentos, perfuração do tímpano e aspiração do corpo estranho, além de, no caso de criança, traumatizá-la e dificultar a remoção pelo médico,posteriormente.

A conduta correta é dirigir-se ao Hospital, com a maior brevidade possível. Nos casos de insetos vivos no ouvido, podem ser instilados no ouvido azeite, álcool e éter, com o objetivo de matar o inseto, até chegar-se ao médico. Lembrar que,eventualmente, moscas varejeiras podem entrar nos ouvidos e colocar ovos, que levarão à formação de larvas ( miíase).

Portanto a procura pelo Hospital deve ser imediata. Nos casos de suspeita de aspiração de corpo estranho ( quando o objeto aloja-se nos brônquios), geralmente ocorre tosse intensa, e o paciente pode apresentar sinais de sufocação e falta de ar. Portanto, deve –se procurar o Hospital com extrema urgência. : Dicas em situações de emergência em Otorrinolaringologia em Otosul Otorrinolaringologia Sul Fluminense

You might be interested:  Queimação No Estômago Como Aliviar?

O que é otite silenciosa?

Otite sem dor e sem febre é difícil de perceber e pode evoluir para algo mais grave Correio Braziliense 06/10/2013 13:00 A otite média com efusão, também conhecida como média serosa, é uma variação da inflamação ou infecção que costuma atingir os ouvidos de adultos e crianças.

  1. Consiste no excesso de secreção dentro do ouvido, sendo, a princípio, um problema simples, mas que pode evoluir se não for adequadamente tratado.As causas são variáveis, entre elas, problemas respiratórios crônicos, como sinusites e rinites, além de uma evolução da otite comum.
  2. A doença também pode surgir de processos agudos, como resfriados, ou de qualquer outro fator que impeça a entrada de ar na cavidade da orelha.O otorrinolaringologista Caio Athayde Neves explica que o problema pode passar despercebido, pois seus sintomas são inespecíficos.

Em crianças, o processo é ainda mais complicado. Como os sintomas incluem perda da capacidade auditiva e uma pressão no ouvido, elas podem não perceber o incômodo, achando que é normal. A falta de dor e de febre dificulta ainda mais a identificação da doença nos mais novos, que são também os mais atingidos.

  1. Cerca de 20% a 40% das crianças apresentam a otite com efusão”, estima Caio.Em alguns casos, em crianças e adultos, o problema desaparece por si só, pois o próprio organismo absorve o excesso de secreção.
  2. Se o incômodo persistir, é importante procurar um médico, pois, dependendo da evolução da disfunção, além do tratamento comum com anti-inflamatórios e antibióticos, pode ser necessária intervenção cirúrgica.

Clique na imagem para ampliá-la e entenda o problema (foto: Thiago Fagundes e Valdo Virgo/CB/D. A PRess) : Otite sem dor e sem febre é difícil de perceber e pode evoluir para algo mais grave

O que acontece se não tratar otite?

Em casos mais graves, o tímpano inflamado pode se romper e provocar a eliminação de pus, o que aumenta o risco de a infecção se espalhar. Sintomas como febre, náuseas e vômitos são comuns em crianças pequenas.

Como a otite é transmitida?

A otite externa pode surgir em decorrência de manipulação da orelha com cotonete ou dedo ou após contato com água (piscina, cachoeira). A otite média pode decorrer de quadros de infecções de vias aéreas superiores, como gripes, resfriados e em quadros rinossinusais.

É bom colocar algodão com álcool no ouvido?

Pingar álcool no ouvido faz mal: técnica pode causar surdez – Dr. Jamal Azzam Usar álcool no ouvido para desentupir é uma receita caseira muito usada quando entra água no canal auditivo. Ao pingar a substância, o líquido que incomoda passa a evaporar, o que alivia imediatamente a sensação de entupimento.

Apesar de funcionar, será que o procedimento é seguro? Confira: Pode pingar álcool no ouvido? De acordo com o Jamal Azzam, otorrinolaringologista da Clínica Jamal, colocar objetos ou líquidos no ouvido é sempre um risco. “Isso deve ser feito somente de modo indicado explicitamente pelo médico”, explica.

Ainda segundo ele, a membrana do tímpano separa o canal do ouvido médio, que é sensível e não deve ter contato com nenhuma substância. Entretanto, qualquer alteração nesta membrana propicia a entrada de compostos na parte média, o que pode causar infecções graves, zumbidos, tonturas e até mesmo perda definitiva de audição.

“O problema é que a maioria das pessoas que apresentam deformações nessa película não sabe que as tem. Portanto, é indicado tirar água do ouvido com álcool apenas em casos nos quais já foi comprovado que essa região do tímpano é íntegra e que o canal do ouvido não tem contraindicações”, ressalta. Como desentupir ouvido? O profissional explica que o mais indicado é esperar a água sair normalmente.

Se isso não ocorrer, pode ser sinal de excesso de cera ou descamações que impedem que a substância seja liberada. O doutor indica o que fazer para tirar água do ouvido: • Deite-se lateralmente, deixando o ouvido entupido para baixo e esfregue levemente a orelha, em movimentos circulares, fechando e abrindo a boca ao mesmo tempo.

Caso o incômodo permaneça, mantenha o ouvido tampado para baixo e dê leves tapas no outro lado da cabeça. Caso nada resolva, espere um pouco e repita os procedimentos. Se mesmo assim não obtiver melhora, procure um médico. O especialista também deve ser procurado se o indivíduo apresentar sintomas como dor de ouvido, vazamento de sangue ou pus e, no caso de crianças pequenas, mudanças de comportamento.

: Pingar álcool no ouvido faz mal: técnica pode causar surdez – Dr. Jamal Azzam

É bom colocar algodão no ouvido?

O algodão protege o ouvido da friagem? 12 jun 2020-06-12T18:46:20+00:00 A parte do ouvido em que fica o conduto auditivo externo já combate agentes externos com a cera e os pêlos. O algodão pode incomodar se entupir o ouvido e pode ser necessário remoção especializada por otorrinolaringologista, ou até mesmo pode gerar coceira, secreção e infecções secundárias por manter uma umidade no canal.

Sou médico otorrinolaringologista em Curitiba. CRM-PR 31209 | RQE16825. Ajudo pessoas de qualquer idade com problemas na área de otorrinolaringologia, em meu consultório no centro de Curitiba. Dou dicas de saúde em meu blog e falo sobre vários temas nas minhas redes sociais. Saiba mais visitando meus canais.

Um abraço ! : O algodão protege o ouvido da friagem?